[Hacking][slideshow]

Como reconhecer um smartphone falso/clone

Você já se deparou com uma cópia de um celular tão perfeita que ficou quase impossível de descobrir se o aparelho era realmente um clone? Saiba as melhores técnicas para não ter esse problema.

Não sei rick, parece falso


1. Aida64
O APP Aida64 mostra com exatidão, características do celular, como processador, nome interno do dispositivo, codinome, etc.



Em modelo do dispositivo, geralmente mostra o nome real, tipo Star A5000

Informações como "Fabricante", geralmente são mudadas para o nome da fabricante original, fique atento com isso

Na categoria 'dispositivo', mostra o codinome usado pelo celular, todos os Android usam um codinome, compare o seu.

Sempre procure a placa do dispositivo na internet e compare






2. Selo da Anatel
Todos os celulares que entram no país devem ser homologados pela Anatel. Depois de homologado, cada celular recebe um selo contendo seu código serial único. Acontece que clones entram de forma ilegal no país, então esses celulares não são homologados e não recebem o adesivo da Anatel.

Bem, mas porque os vendedores não fariam um simples adesivo?

Muitos clones não tem esse adesivo. E tem um pequeno detalhe, não há um padrão nos adesivos da Anatel colocados em celulares, os adesivos são de tamanhos e formatos diferentes. apenas os da bateria são iguais.
Há uma coisa que pode ser diferenciada nos adesivos falsos dos originais. Os falsos são impressos de papéis colantes e a textura dos originais remete à um adesivo de plástico.

3. Easter Egg do Android.
Se você conhece bem o Android, sabe que desde o Gingerbread (2.3.x) o Android tem um 'segredo' que aparece quando você vai em opções > sobre o telefone e clica diversas vezes na versão do Android.
Há uma técnica que consiste em editar uma linha no sistema para parecer que o Android é de uma versão maior do que realmente é.

Gif meramente ilustrativo =D
O arquivo Build.prop é editado para mostrar a informação de que é um Android 7.0, mas na verdade o sistema usado é o Android 4.4

Se você se deparar com isso saiba que está com um celular falso ou com o sistema editado.

4. Complementos

É raro encontrar um clone que seja capaz de funcionar com uma bateria original. Não por questão de compatibilidade, mas sim por questão de design. O clone é focado na parte externa, então a bateria original muitas vezes nem cabe no clone. E ainda mais raro encontrar um clone de bateria, então, se acha que é um clone, abra a tampa traseira e veja se a bateria é original.

Outra característica comum em dispositivos falsos é um adesivo de originalidade.


5. Características Físicas e do sistema.
Clones tendem a ser leves. A tela não apresenta muita qualidade de imagem e o touchscreen não funciona de forma adequada em boa parte dos casos. O sistema geralmente tem junkware como apps da empresa Baidu, Du apps, Cheetah Mobile, etc.

Vale a pena comprar?
Mesmo sabendo que o celular é um clone, vale a pena compra-lo?
Depende muito de cada cenário, mas minha resposta em grande maioria dos casos é NÃO.
Clones geralmente são iguais em seu hardware e grande maioria são feitos de materiais de baixa qualidade.

Processador: Mediatek de baixa performance. Usado pelo custo baixo de produção.
Tela Resistiva (Baixa qualidade)
Corpo de plástico de baixa qualidade
Sistema mal feito e cheio de bugs
Baterias com autonomia adulterada.

Não caia nessa, não compre clones.

Bonus

O app SD Insight permite verificar a autenticidade de cartões de memória

Caso não apareça como compatível na Play Store, baixe o apk pelo apk Mirror clicando aqui

Post original:Android HyperUser

*Cópia permitida apenas citando a fonte

Dúvidas nos comentários

Nenhum comentário:

Todos os comentários são monitorados. Comentários ofensivos serão removidos e os respectivos usuários banidos.